Este website utiliza cookies
Estes cookies destinam-se a otimizar a sua experiência de navegação e perceber o modo como utiliza o website. Ao continuar a navegar, está a consentir na utilização dos cookies.
Poderá alterar as definições do seu navegador de Internet para desativar os cookies, mas esta ação poderá afetar a sua experiência neste website. Clique aqui para saber mais sobre os nossos cookies e como são utilizados.

PáSSAROS ETERNOS

ÁLBUM

PáSSAROS ETERNOS

Maria de Medeiros

Terceiro trabalho discográfico da actriz, realizadora e cantora Maria de Medeiros, que compôs e escreveu a maioria dos 10 temas que compõem o disco. 

"Nada a meus olhos é menos eterno que um passarinho, acrobata milagroso dos ares, pequeno ser vulnerável e trémulo quando apanhado por mãos humanas. (...) E no entanto, existem pássaros eternos. (…) Coisas de sonhadores e idealistas, como quem se abalança a escrever canções, a gravar discos em épocas tão tormentosas e pouco propícias aos que gostam de soprar nuvens” diz Maria de Madeiros sobre "Pássaros Eternos".

Para Maria de Medeiros a música é indissociável da imagem e por isso propôs a vários autores de banda desenhada e pintores fazer uma ilustração para cada canção: o artista plástico espanhol Javier Mariscal ilustrou “Nasce o dia na cidade”; Pedro Proença, pintor português, ficou encarregue do tema “Diz que é fado”; o desenhador e diretor de cinema francês, Pascal Rabaté, deu vida a “Shadow Girl” e a própria Maria ilustrou “The Cougar Song” e a capa do disco.

2014

OUTROS ÁLBUNS

Maria de Medeiros

PENíNSULAS E CONTINENTES

SOCIAL FEEDS